Testes automatizados ajudam o programador a ganhar tempo e evitar falhas no processo de ajustes antes da entrega do software.

nenhum comentário
Desenvolvimento, performance, software

Testes Automatizados

Você já passou por situações em que surgiram bugs no software que você desenvolveu, mesmo depois de consertar o defeito? Como você costuma fazer para evitar que esses bugs aconteçam? Assista ao vídeo abaixo e veja qual a melhor forma de testar o software para evitar esse tipo de problema:

Bugs nos Softwares

Todo software precisa passar por uma série de testes antes de ser entregue, pois cada alteração feita impacta em diversas partes do sistema e um detalhe já pode ser responsável por certos defeitos. É muito comum quebrar alguma coisa que estava funcionando, ou o programador consertar algum defeito e por uma confusão de versões, por exemplo, o defeito voltar.

Mas embora os testes sejam fundamentais para a entrega de um software com bom funcionamento, é inviável fazer isso manualmente. Para cada alteração ou campo novo criado no software, uma meia dúzia de novos testes precisam ser aplicados. Considerando que as alterações são inúmeras, torna-se desumano fazer uma pessoa testar tudo. Sem contar que as chances de erros são enormes, o que quer dizer que testando de forma manual, você dificilmente conseguirá obter um bom resultado.

Utilize Testes Automatizados

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é automatizar esses testes. Ao deixar um robô testando todas as possibilidades de acesso e verificando se há falhas no processo, além de ganhar tempo, você garante uma revisão completa do seu software e a qualidade do serviço oferecido ao seu cliente.

Se você ainda não tinha considerado a possibilidade de utilizar testes automatizados em seus softwares, assista a esse vídeo e busque mais informações sobre o assunto. Você vai ver o quanto facilitará o seu trabalho e aumentará a qualidade do software que você oferece.

POR QUE TESTES AUTOMATIZADOS?

Deixe uma resposta