Soluções Big Data são capazes de fornecer uma visão 360 graus e quando bem utilizadas podem auxiliar nas tomadas de decisões e no crescimento dos negócios.

3 comentários
mercado

O que é Big Data e qual a sua importância para os negócios?

Vivemos na era da internet e seguimos um ritmo constante de mudanças tecnológicas que obrigam as empresas a repensarem constantemente suas estratégias e modelos de negócios. Se alguns anos atrás o acesso à internet era privilégio para poucos, hoje somos totalmente dependentes do mundo virtual.

A disseminação do uso da internet trouxe consigo a produção de uma gigantesca quantidade de informações que equivalem a verdadeiros tesouros para as empresas, pois servem de base para o estudo do comportamento dos consumidores, oferecendo valiosos conhecimentos para os negócios.

Porém, a análise de todas essas informações sem o auxílio de uma tecnologia é algo praticamente impossível, devido ao seu grande volume dados. Então, por volta da década de 90, surgiu o Big Data, termo utilizado para designar os softwares que fazem a análise de grandes volumes de dados, gerados em altas velocidades e originados das mais diferentes fontes.

Uso do Big Data na análise 360º do mercado

Hoje, praticamente tudo o que fazemos ou o que acontece ao nosso redor pode ser analisado por um software Big Data. Se você está dirigindo o seu carro e de repente uma luz no painel o alerta que o óleo do motor precisa ser trocado, ou quando você assiste a um jornal na TV e a “moça do tempo” diz que na próxima semana vai chover, pode ter certeza que essas conclusões só foram feitas graças ao cruzamento de uma porção de informações através de um software Big Data.

Na internet isso é diferente e tudo o que fazemos deixa um rastro digital. Práticas comuns do dia a dia, como enviar e-mails ou mensagens de texto, pesquisar ou comprar produtos e serviços pela internet, comentar ou avaliar um post de uma empresa no Facebook, são alguns dos poucos exemplos perto de uma infinidade de ações que podem gerar informações a serem analisadas por um Big Data.

Essa gigantesca quantidade de informações são, na maioria das vezes, desorganizadas e desestruturadas. Com o auxílio da aplicação da matemática e dos insights obtidos é possível, por exemplo, melhorar o atendimento ao consumidor, identificar tendências de mercado, aumentar as vendas, prever problemas, mensurar riscos e diminuir gastos.

Grandes empresas como Amazon e Walmart foram pioneiras no uso do Big Data. Depois disso, o uso destes softwares tomaram uma proporção tão grande e variada que há quem diga que o atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se reelegeu para o seu segundo mandato devido à inteligência da análise de dados. E que esta mesma tecnologia foi uma das grandes aliadas para a seleção alemã ter vencido a copa do mundo de 2014.

Desafios na implantação do Big Data

Apesar da maioria das empresas já reconhecer a importância do Big Data, a sua implantação pode sofrer alguns desafios, como por exemplo sua aceitação pelas pessoas dentro da empresa. A implantação de um novo software sempre requer mudanças na cultura e no jeito de se trabalhar, tanto dos gestores quanto dos funcionários, o que não é, muitas vezes, algo fácil de se lhe dar. Além disso várias empresas ainda têm dificuldades para entender como ele pode ser usado a favor dos negócios e, por falta de conhecimento, fazem seu uso de maneira errada. Como se estivessem procurando uma agulha no palheiro, analisam todos os dados e, de modo geral, tentam achar alguma informação que lhe seja útil.

Se você não tem certeza por onde começar, o primeiro passo é tomar conhecimento dos diferentes tipos de dados disponíveis na sua empresa , identificar quais são as prioridades do seu negócio e quais problemas precisam ser atacados em escala de prioridade. Isso facilitará a identificação da origem dos dados a serem analisados e, consequentemente, irá gerar uma economia de tempo em todo o processo.

Mas isso não deve nos conduzir a um pensamento errôneo de que o Big Data pode trazer respostas e ideias apenas para os negócios já existentes. Se utilizado de forma correta e abrangente, além de proporcionar maior agilidade na análise de dados com ganho de confiança e eficiência na tomada de decisões, o Big Data pode levar à tona novos problemas, antes talvez desconhecidos, surgindo assim novas ideias e possibilidades de negócios.

Big Data é algo que veio para ficar e que ganha força a cada dia. Empresas de qualquer porte podem se beneficiar desta solução. Quem nunca ouviu dizer que informação é poder?
Isso faz todo sentido, principalmente com relação ao Big Data, pois além de captar uma extensa quantidade de informações ao mesmo tempo, ele oferece importantes insights que agregam valor e vantagem aos negócios, tornando as empresas mais competitivas diante dos seus concorrentes.

3 Responses to “O que é Big Data e qual a sua importância para os negócios?”

Deixe uma resposta