Para começar, leia o trecho a seguir: Todo mundo que já trabalhou em desenvolvimento de software sabe que alguns desenvolvedores […]

28 comentários
Geral

Há Vagas na Visie!

Para começar, leia o trecho a seguir:

Todo mundo que já trabalhou em desenvolvimento de software sabe que alguns desenvolvedores são mais produtivos que outros. Mas estudos têm mostrado que o tempo para desenvolver um mesmo código pode variar em até 10 vezes entre um desenvolvedor e outro. Nós costumamos chamar os desenvolvedores que possuem uma grande produtividade de programação de 10x developers.

Um desenvolvedor 10x não deve ser apenas um expert em alguma tecnologia de programação, ele deve também atuar como um membro eficaz da equipe, motivando e ajudando os outros membros. Deve ter a capacidade de escrever um código limpo e bem estruturado, evitando defeitos, e também escrever programas de fácil manutenção.

A experiência também é outro fator de suma importância em um desenvolvedor 10x. Saber quais arquiteturas são funcionais, saber quando abortar uma abordagem de desenvolvimento que parecia correta mas será inadequada daqui a algumas semanas, conhecer pacotes e soluções que podem economizar esforços reinventando a roda.

fonte: A equipe tem que ser boa, Handerson Ferreira Gomes no Webinsider

Se você é um sujeito apaixonado por programação, que nasceu com um talento especial para problemas de lógica, se escreve códigos de manutenção simplificada e que vão durar anos, se não se conforma em resolver um problema de uma forma que não seja a mais simples, nós queremos você! Se você não é esse sujeito, mas conhece alguém assim, por favor, avise-o.

As vagas:

  1. GREPTOL: Grande Resolvedor de Problemas de Todas as Linguagens. Ele está sempre aprendendo uma nova linguagem, uma nova tecnologia, uma nova ferramenta. Conhece todos os misteriosos acrônimos do mês e já desenvolveu coisas úteis com metade deles. É capaz de construir e manter funcionando um grande sistema inteiro sozinho, desde a contratação e configuração do servidor. Requisitos:
    • PHP, Javascript, VBScript
    • Python, Ruby, Java ou C#
    • Orientação a Objeto
    • Bons conhecimentos de padrões web
    • Bons conhecimentos de Javascript e Ajax
    • Administração e uso de sistemas Linux
    • Capacidade de trabalhar sem supervisão

    São adicionais interessantes:

    • Python
    • Ruby
    • Subversion
    • Vim (sim, isso mesmo)

    Esta vaga é para quem não gosta de rotina. Horário flexível, trabalho parcialmente à distância, uma coisa nova a cada dia. Muito, muito, muito trabalho, muita pesquisa, muito comprometimento e muita pressão. Também muita liberdade e a chance de aprender muito.

  2. PROPAR: Programador PHP Absurdamente Rápido. É um gênio do PHP. Come PHP com farinha. Requisitos:
    • Pelo menos 4 anos de experiência comprovada em PHP
    • PHP5 e orientação a objeto
    • Experiência na modelagem de sistemas orientados a objeto
    • Experiência na construção de sistemas de grande porte (muitas telas, muitos requisitos, muitos acessos, muuuuuitas transações)
    • Bons conhecimentos de padrões web
    • Bons conhecimentos de Javascript e Ajax

    São adicionais interessantes:

    • Experiência no gerenciamento de equipes
    • Experiência com Smarty
    • Experiência com sockets
    • Experiência em sistemas financeiros, preferencialmente análise de crédito

    Esta vaga é para trabalhar alocado no cliente, de gravata (sim, nós sabemos…) Em compensação é um interessantíssimo projeto, que pode agregar muito a seu currículo e sua carreira.

IMPORTANTE: Leia a descrição da vaga e as instruções a seguir antes de enviar seu currículo, caso contrário ignoraremos solenemente sua mensagem. Instruções:

  1. Embora parte do trabalho para a vaga GREPTOL possa ser feito à distância, parte indispensável do trabalho será feita na sede da Visie, em São Paulo, ao lado do Metrô São Judas.
  2. Envie seu currículo para trampo arroba visie ponto com ponto bê-érre. Coloque no título do e-mail PROPAR ou GREPTOL.
  3. Se você já enviou um currículo para nós no passado e não recebeu um e-mail agora sobre essas vagas, é sinal de que não achamos que seu currículo se encaixe nos perfis necessários. Talvez você não tenha dado o foco certo ao redigir seu currículo. Se você acha que tem um dos perfis acima e quer tentar novamente, fique à vontade para nos enviar outro currículo para uma das vagas acima.

Boa sorte!

28 Responses to “Há Vagas na Visie!”

  1. Josh disse:

    Bem legal essa idéia!

    por enquanto não me encaixo em nenhum dos requisitos mas vou ver pelos meus contatos se algum deles se interessa caso haja uma reposta sim mando ele enviar o currículo…

    abraços

  2. Rangel disse:

    Se a vaga 1. GREPTOL não exigisse período integral (leia de 8 horas pra cima por dia mesmo com horario flexível), eu estaria muito interessado nela.

    Acho que me encaixo perfeitamente na mesma, mas no momento só se a mesma fosse como um “freela”

  3. […] Se quiser dar uma olhada, clique aqui. […]

  4. Igor Escobar disse:

    Eu atendo quase o primeiro perfil inteiro e o segundo perfil por completo, porém, a questão é, Vale a pena para mim? Eu sou coordenador de Desenvolvimento Web em uma agência aqui em são josé dos campos porém vocês não falaram nada a respeito de remuneração da vaga etc, é interessante vocês passarem detalhes para saber se “nós” também queremos esta vaga.

  5. Fala Élcio!
    Nem bem te adicionei no LinkedIn e já pintou trampo!!!

    E ai, será que desta vez trabalharemos juntos?

    Tu sabes que sou xonado por PHP cara.

    Abraço!
    Fiquem na Sob Paz de Cristo!!!

  6. Valores.. disse:

    Quanto é o salario para programador PHP?

    Atenciosamente,
    Allan Schmitt

  7. rodrigo disse:

    Os requisitos são muitos, vocês precisam de um cara muito bom, espero que estejam dispostos a pagar a um salário compatível.

    Tenho visto muitas empresas querendo o super-homem e disposta a pagar um salário “normal”.

    eu desconfio que vocês estejam pagando pelo menos um R$6.000,00 pra GREPTOL … no mínimo.

  8. luiz menezes disse:

    Por que vocês não catam gênios desses no próprio curso da Visie? Com certeza devem haver vários assim formardos aí…

  9. Leandro Gonçalves disse:

    essa do Luiz Menezes foi a melhor! E concordo com o Rodrigo, duvido que a Visie vá pagar mais de R$ 6.000,00 pro “Super-homem” que eles querem contratar. Se tiver uma vassoura à disposição na Visie eu me candidato!

  10. J P disse:

    Não estou afirmando nada a respeito desta vaga em específico, mas vamos ficar atentos as empresas que buscam alguém que trabalhe como se fosse o dono e receba menos que o copeiro. Os programadores já são explorados o bastante e toda atenção é necessária.

  11. Paulo Henrique (São Paulo - SP) disse:

    Caracas, na verdade , vcs quetem um mega especialita em PHP que saiba outras coisas, certo?
    Se vces estao atras de um cara super mega, isso com certeza quer dizer que, ou o gerente de desenvolvimento não sabe nada e quer alguem para programar bem, ou o gerente manja muito e procura uma cara metade ou o cara que tinha esse cargo foi embora e deixou vc´s na mão. Com certeza deve ser o ultimo caso, moderem nos requisitos e com certeza vao aparecer ótimos candidatos

  12. golfetto disse:

    fiquei em dúvida quanto aos valores também… como PROPAR seria bom saber “quanto vale o show” para saber se compensa.

  13. Stanley disse:

    Possuo o perfil para um dos trabalhos,acabei de voltar apos 6 anos trabalhando como desenvolvedor nos E.U.A, sou formado no M.I.T. e trabalhei os ultimos 4 anos no Vale do Silício. Posso fazer qaulquer teste aí que dou conta do recado.Porém não tenho tempo a perder com historias de que no começo vai pagar pouco depois vai melhorar…blá,blá,blá…
    Quanto é o salário? Quer um candidado que vai comer o teste de vocês com com farinha? Então já encontrou.

  14. Gi disse:

    quem sou eu: alguém que anda comendo PHP com farinha para um dia fazer parte da Visie… que ama programação (mas por enquanto caminhando no flash), não gosta de rotina, procura uma coisa nova a cada dia, tem obessão por informação, não vive sem muita pesquisa… e principalmente, deseja fazer parte do futuro da internet.

  15. Stanley disse:

    Acabei de chegar dos E.U.A após 6 anos trabalhando em uma empresa de T.I no Vale do Silício.Sou formado pelo M.I.T e apto para qualquer uma destas vagas oferecidas. A questão é : Quanto é o salário? Se o salário estiver compatível com tudo que é pedido, podem entrar em contato através do meu e-mail. Ah..se eu sou bom? Pode elaborar um bom teste aí que mostro como se programa comendo farinha. Abs…

  16. Rangel,

    Infelizmente, precisamos mesmo de período integral. Em breve vamos recolher currículos de freelas e temporários. Quando acontecer, anunciamos aqui.

    Igor,

    Ao mandar o currículo, envie a pretensão salarial. Não queremos lhe pagar o mínimo possível, acredite. Pelo contrário, queremos que você esteja contente aqui, tenha tranqüilidade para se concentrar em seu trabalho e fique conosco por um bom tempo. Por outro lado, você deve imaginar, o quanto podemos pagar depende do quanto você pode nos oferecer. Seja sincero ao preencher sua pretensão salarial. Não coloque o mínimo necessário para que você venha trabalhar conosco, não queremos te pagar o mínimo. Mas também não coloque o salário dos seus sonhos. Coloque o quanto você acha que merece, o quanto o deixaria confortável para vir trabalhar aqui. Queremos alguém que se esforce por nos deixar satisfeitos, por isso vamos nos esforçar para deixá-lo satisfeito.

    Allan,

    Ainda não definimos um valor. Mas estamos nos esforçando para ter gente satisfeita, acredite.

    Daniel,

    Não recebi seu currículo. Você enviou?

    rodrigo,

    Os requisitos não são muitos. Já recebemos um bocado de currículos. É sinal de que o que estamos pedindo existe, e em abundância, no mercado. Somos uma empresa pequena, e não podemos nos contentar com a mediocridade. Preferimos pagar bem a alguns poucos programadores bons do que pagar mal a um time grande de programadores medianos. Mas, acredite, a vaga não é para nenhum super-homem. Eu mesmo conheço muita gente que se encaixaria no perfil. Talvez quem está reclamando esteja um pouco defasado em relação ao resto do mercado, não?

    luiz,

    Temos por política não usar os dados de alunos em nenhum tipo de processo de contratação. Muita gente pede indicação de profissionais, e não costumamos fornecer. O motivo é que a maioria de nossos alunos chega até nós através de suas empresas. A empresa investe no treinamento de um funcionário e não posso indicá-lo para trabalhar em outro lugar. Se alguém que fez curso conosco quiser se candidatar à vaga, terá que fazê-lo como todo mundo.

    Leandro,

    Eu insisto, não queremos um “Super-Homem”. Só não podemos nos contentar com programadores medíocres. Precisamos de alguém acima da média. Quanto ao salário, o mercado é auto-regulado. Ao enviar seu currículo, faça seu preço.

    J P,

    Quero gente contente em trabalhar aqui, acredite. Ao enviar seu currículo, faça seu preço. Se não pudermos deixá-lo contente, não vamos desperdiçar seu tempo.

    Paulo,

    São duas vagas. Uma é para um especialista em PHP, o PROPAR (se for mega, melhor) e a outra para um cara que sabe várias coisas, o GREPTOL. O motivo da contratação é que estamos expandindo. Já temos um GREPTOL que também é quase um PROPAR, o Willian, que foi contratado ano passado. Muita gente aqui acompanhou esse processo. Mas temos serviço para mais gente agora. O gerente sou eu mesmo.

    golfetto,

    Ainda não definimos um preço. Depende de quanto você acha que merece, de quanto você pode oferecer e de quanto podemos pagar. Mande o currículo e vamos tentar chegar num acordo. Como eu disse acima, não queremos ninguém descontente, vamos tentar satisfazê-lo.

    Stanley,

    A gente tem flexibilidade para negociar o salário. Mande o currículo com pretensão salarial. Se você nos oferecer mesmo muito mais que os outros candidatos, e isso se encaixar em nosso modelo de negócios, o que é essencial para que possamos pagá-lo, vamos ter o maior prazer em satisfazê-lo. Se você for demais para nós, não se preocupe, não vamos desperdiçar seu tempo.

  17. […] A Visie ainda está precisando de gente! Se você acha que se encaixa em alguma das vagas, por favor, entre em […]

  18. Kayro disse:

    Sem essa! Acreditar em tudo que se encontra escrito pela internet é um grande erro; principalmente no que diz respeito a logistica da coisa em si. Digo, modelo de projeto, organograma de produção.

    A referida matéria sobre o “desenvolvedor 10x” certamente ignorou alguns fatores humanos óbvios; destes, deixo apenas um exemplo para reflexão – como será a interação interpessoal em um ambiente de trabalho com umas 10 estrelas destas que vocês procuram, cada qual com sua gama de idéias prórpias e revolucionárias?

    Não sei se já notaram, mas, gênios são gênios porque não têm muito o hábito de obedecer regras. ou seja, são pessoas difíceis de domesticar. Sacaram o detalhe?

    Um número reduzido de funcionários diminui e muito a despesa com encargos de pessoal. Entretanto, isso não significa que a produção ao menos se compare com o resultado obtido de um quadro maior; mesmo se o nível técnico for em número inferior. Entendendo, é claro, que estes estejam organizados corretamente.

    Sem contar que a dita matéria, somada aos requisitos propostos para contratação do “profissional 10x” solicitado em fita, não deixam nenhum espaço para criatividade, fator culminante para o bom andamento dos padrões de projeto. Que sem dúvida, deveria começar pela definição da linguagem a ser utilizada.

    Vocês esqueceram de incluir nos requisitos também, um “ótimo e perfeito conhecimento em banco de dados relacionais”. Ou não seria isto a base de todo programador que se preze?

    Peço, gentilmente, desculpas pela intromissão!
    Não me interesso pelas vagas. Apenas, pelo assunto!

    Att.,
    Kayro Pâmio

  19. Jayson P. Santos disse:

    Acho que tem uma galera aí preocupada demais em descarregar suas frustações com propostas de emprego anteriormente mal remuneradas ou até mesmo casos de ex-trabalhos mal resolvidos justamente num anuúncio que deixa os mesmos postar qualquer comentário. Viu só porque os jornais como O Globo não deixam vocês comentarem os anúncios de emprego?! Galera, mandem os currículos e aquele abraço. Sejam profissionais e peçam o quanto querem ganhar. Eu heim… é assim que vocês querem emprego, criticando e reclamando igual crianças? Putz!

  20. Egidio disse:

    Na minha empresa, que atende exclusivamente 5 empresas, eu sempre precisei contratar um programador de alto nível, para que eu pudesse me desafogar da programação e me dedicasse ao business. Mas como um programador desse porte deve ser bem remunerado e eu não gero o suficiente pela falta de tempo de dedicação ao business, nunca contratei um e continuo aqui eu mesmo programando. O ideal é encontrar um programador bom que compatilhasse de idéias, abraçasse alguns projetos e crescesse societariamente com a empresa, num novo modelo de empreendedorismo, onde todos ganham. Mas isso é raro…

  21. MIchael disse:

    Gostaria de saber quantos candidatos ja foram selecionados até agora e qual foi o critério de avaliação! Obrigado

  22. Deiverson disse:

    Olá Senhores,

    Estou me especializando em gerenciamento de conteúdo. Se surgir alguma vaga que se enquadre em meu perfil, eu estou disposto a concorrer. Trabalhei bastante com java/jsp e estou querendo “aliviar” um pouco a mente com PHP.

    Forte abraço,

    Deiverson Silveira

    Meu curriculo:
    http://www.solutioncms.com/curriculo.html

  23. Jayson P. Santos, falou bem… nunca vi tanta discussão em torno de algo tão “fútil”(?).
    Só estão pedindo candidatos para duas vagas, somente! 😉
    Parece uma arena, quem grita mais ganha…

  24. Erick Wilder disse:

    >> Jayson P. Santos

    Cara, eu fui lendo os comentários e acabei chegando à mesma conclusão. Ao invés de criticar: bora estudar e programar “comendo farinha” que todo mundo ganha mais (ganha mesmo).
    Até me interessei pela vaga (PROPAR) e se fosse há um tempo atrás eu já teria enviado o curriculo e/ou falado um monte aqui também.
    Hoje em dia tenho uma visão diferente, acho que quem faz o trabalho ser “legal” (ou não) é a gente mesmo. Se seu trabalho é uma porcaria, espere até sair dele e obter uma nova colocação. Com certeza um “arzinho de saudade” vai bater, por ‘N’ motivos. Depois de aprender (e tomar muito calote) a gente acaba tendo que aprender a conviver com o mundo e aprendendo que nem tudo é mar de rosas.
    Quando o chefe reclamar do prazo, tentem se colocar como o Donos do negócio, tenho certeza que não iam gostar nadinha de pagar multas diárias por atraso de projetos importantes. Engraçado que hoje eu estava pensando: sabe que mesmo ganhando MENOS do que onde eu estava, eu estou mais feliz…incrível, mas é verdade.

    Abraço!

  25. JP disse:

    Jayson,

    O espaço para comentários serve para isso mesmo. Se um assunto leva a outro, paciência, isso se chama liberdade de expressão. Ainda bem que existem pessoas que tem inteligencia, maturidade e personalidade para questionar, e não simplesmente engolir tudo com FARINHA !!!

  26. […] sobre as vagas que anunciamos, as novidades. Ainda não escolhemos nenhum dos dois programadores. Para GREPTOL, já temos […]

  27. […] quando o contexto é diferente, a classificação pode se inverter, como o caso desse anúncio de vagas para desenvolvedor e designer promovido pela visie, no qual foi divulgado o perfil necessário para ocupar o cargo. Nesse caso […]

Deixe uma resposta