E-mail que um programador da Visie enviou a pouco a um cliente que tem um site em WordPress e precisava […]

7 comentários
Desenvolvimento, visie, wordpress

Encantamento

E-mail que um programador da Visie enviou a pouco a um cliente que tem um site em WordPress e precisava inserir HTML arbitrário no meio do post:

******, tudo bem?

Fiz um encantamento medieval pra você poder colocar o código que
quiser (!) no meio dos posts. Dá uma olhada:
http://…/

Se entrar no admin, você vai perceber que o ritual consiste de duas cerimônias:
– Criar com fé um “campo personalizado” chamado HTML1 (ou HTML2, ou
HTML3… até HTML9!!!) com o conteúdo que deve ser inserido no post;
– No meio do post, no lugar onde a manifestação deve se materializar,
invocar ousadamente o código: <!–HTML1–> (ou <!–HTML2–>,
enfim…).

Temei, mortais! O poder do campo personalizado nunca deve ser invocado
em vão. Os invisíveis espíritos zombeteiros do Condado do Site
Quebrado estão sempre à espreita… 😐

7 Responses to “Encantamento”

  1. Alysson Bruno disse:

    Acho isso desrespeitoso com o cliente, mas com certeza chama a atenção. Se eu recebo uma resposta assim mudo de fornecedor, com certeza.

    O Problema com os profissionais da informática, dentre os quais incluo-me, é que tratamos nossos clientes como usuários, sou do tempo de um dizer na faculdade: “Todo usuário é burro!”, acho que só não se escancara isso hoje em dia, mas, pelo visto, ainda há quem trate seus clientes assim.

  2. Alysson, pelo contrário, o cliente caiu na gargalhada. Parece que entendeu muito bem a piada.

  3. Ano passado eu recebi uma proposta comercial com um smiley no meio de uma proposta comercial. A empresa é uma multinacional americana com capital aberto na bolsa de valores.

    Eu confesso que no instante que bati o olho no smiley eu estranhei. Mas logo eu entendi que a proposta como um todo era ser moderno e simpático.

    Agora, a mensagem do programador da visie é irônica e bem humorada. E por ser irônica eu imagino que o programador não considera o seu cliente burro, certo? Caso contrário o cliente não entenderia.

  4. Victor disse:

    HAHAHA! Genial. Divertido e didático.

  5. Luciano Castilho disse:

    … Nossa, deveria ter umas idéias dessa na cabeça sobrando, talvés assim as coisas pudessem mudar.

  6. Rodrigo Milano disse:

    Se o programador tem uma relação mais informal com o cliente, acredito que não tem mal nenhum. Às vezes (na maioria das vezes) um pouco de bom humor sempre quebra o gelo e até melhora o diálogo com o cliente.
    Lógico, sem confundir bom humor com aquele papinho “descolado” de certos publicitários que enche o saco

  7. Bruno Brant disse:

    hahaha. Gostei!

    Também acho que não dá para mandar um email desse para qualquer cliente, mas realmente é muito didático.

    Certamente o humor e o uso das metáforas farão com que o cliente nunca mais se esqueça o procedimento correto.

Deixe uma resposta