Qual o melhor método de tornar a arquitetura de informação menos complicada e mais eficaz? Leia abaixo e descubra uma forma simples e prática!

nenhum comentário

A Papelada Ideal

 
Qual a forma e qual o material mais inteligente e prático de fazer arquitetura de informação? Assista ao vídeo e descubra!
 

 

Arquitetura de Informação: O que é?

 
Pense na arquitetura tradicional, de construção civil. Ela se trata da técnica de projetar e edificar prédios, casas, aonde haverá habitação. Na arquitetura voltada para o lado digital da coisa não é muito diferente, só muda que no final não será construído nada físico, mas também foi necessário todo o processo de projeção e modelagem!

Então, arquitetura da informação é nada menos que organizar e categorizar as informações do site, softwares etc, de forma que ofereça usabilidade e facilidade ao cliente.
 

Como Assim “Papelada Ideal”?

 
Ao fazer a arquitetura de informação, muitas vezes o desenvolvedor quer fazer aquela coisa robusta, gasta uma fortuna para apresentar digitalmente todo o plano do site, do software e tal. Mas será que precisa de tudo isso?

Antigamente se falava aquele famoso ditado: “É preciso medir antes de serrar.” Ainda é preciso medir antes? É. Porém, construir está muito mais fácil, exige um pouco menos de planejamento e modelagem, então, para quê investir todo seu tempo e dinheiro em algo tão robusto, quando a melhor maneira está debaixo do seu nariz?

O nome dessa melhor maneira é: papel e caneta. Sim. Um dos meios mais acessíveis que temos, e que ignoramos por conta de tanta tecnologia e informações gritando na nossa frente. Fazendo o planejamento todo no papel, desenhando na hora, podendo modificar facilmente, é a coisa mais eficaz para esse caso. Poupa você de investimentos altos, poupa seu tempo e proporciona até mais interatividade com o seu cliente, deixando-o confortável para “rabiscar” ali, junto com você, resolvendo todos os problemas.
 

Construindo a Coisa Real

 
O processo de construção é bem mais importante que o produto, porque é nele que você vai descobrir o que precisa ser feito, para em seguida construir o produto. Após o produto ser construído o processo é jogado fora, pois você não precisa mais dele.

Portanto, invista menos tempo e dinheiro naquilo que vai ser jogado fora depois, aderindo à “papelada ideal”, viabilizando as soluções e tornando mais leve e simples todo a arquitetura de informação. Experimente construir a coisa real!
 
QUERO CONSTRUIR A COISA REAL
 
 

Por Beatriz Paradela
 
 

Deixe uma resposta