Categorias
Blog SEO Sites

Técnicas de indexação: o que fazer para seu site aparecer no Google

Saiba como funciona a indexação do Google para que seu site tenha mais relevância nos resultados de busca. Aprenda as técnicas de indexação com a leitura do artigo e tire as suas dúvidas.

Uma importante parte da otimização de sites para aparecer nos mecanismos de busca está nas técnicas de indexação. Traduzindo para termos mais simples, isso pode ajudar seu site a aparecer entre os primeiros quando alguém pesquisar um termo relacionado à sua empresa ou serviço. E para saber como funciona a indexação do Google, é só continuar lendo o nosso conteúdo. Vamos lá?

O que é indexação e como ela pode ajudar o seu site?

Indexação é o processo de adicionar seu site ao banco de dados de um mecanismo de pesquisa, como o Google, por exemplo. A palavra vem de índice, no qual um robô que processa e lê todas as páginas da web insere as páginas do seu site em uma lista.

Este robô precisa entender o conteúdo de cada página para saber o que é relevante. 

Na prática, acontece o seguinte: quando as pessoas pesquisam palavras-chave relacionadas ao seu site, ele aparecerá nas páginas de resultados do mecanismo de pesquisa (SERP), caso esteja otimizado para os motores de busca.

Aplicar técnicas de indexação é uma estratégia importante para ajudar você a alcançar mais clientes em potencial, e além disso, ajuda a melhorar a visibilidade e o tráfego orgânico do seu site.

Este trabalho envolve duas frentes: a primeira é a de estratégia e produção de conteúdo. Esta parte exige um especialista em conteúdo para escolher, por exemplo, as palavras-chave que você colocará em seu site para atrair o público certo. A segunda frente é a tecnologia. Sem a tecnologia, todo o trabalho de conteúdo pode ser em vão!

Se você está se perguntando o que queremos dizer com isso, nós, da Visie, explicaremos ponto a ponto para você.

Tipos de indexação

Existem três tipos principais de indexação: em todo o site, em nível de página e link direto.

A indexação em todo o site é o processo de adicionar todo ou a maior parte do conteúdo de um site ao banco de dados de um mecanismo de pesquisa. Isso geralmente é feito por meio de um envio de mapa do site ou usando um rastreador da web.

A indexação no nível da página adiciona páginas específicas ao banco de dados do mecanismo de pesquisa à medida que são encontradas.

A indexação de links diretos adiciona páginas individuais que não estão vinculadas à página inicial ou a qualquer outra página do site.

Técnicas de indexação: quais as mais comuns?

Quando se trata de indexar seu site, existem alguns métodos diferentes que você pode usar – e que são uma super ajuda se você tem interesse em saber como funciona a indexação do Google:

1. Envio manual

Este é o processo de enviar as informações do seu site para um mecanismo de pesquisa manualmente. Você pode enviar a URL, título, descrição e palavras-chave do seu site manualmente. 

Esta é uma das técnicas de indexação mais demoradas, mas também é a maneira mais eficaz de garantir que seu site seja indexado.

Você também pode enviar manualmente o seu mapa do site. Um sitemap é um arquivo que contém uma lista de todos os URLs do seu site. Você pode enviar seu sitemap ao Google para que eles possam rastrear e indexar seu site mais rapidamente.

2. Envio Automático

Existem várias ferramentas que permitem enviar automaticamente as informações do seu site para os mecanismos de pesquisa. Essas ferramentas geralmente exigem que você insira o URL do seu site e algumas informações básicas sobre ele.

As Ferramentas do Google para webmasters, por exemplo, podem ser usadas para enviar seu site aos mecanismos de pesquisa e acompanhar os backlinks e outras informações importantes.

3. Feeds RSS

Você também pode enviar o feed RSS do seu site para os motores de busca. Isso ajudará a garantir que todo o seu novo conteúdo seja indexado rapidamente.

Spiders e rastreadores: que papel eles desempenham na indexação

Existem muitas maneiras diferentes de garantir que seu site seja rastreado por aranhas e rastreadores – que recebem o nome de web crawlers.

O primeiro passo é certificar-se de que seu site está formatado corretamente e de acordo com as técnicas de indexação. Isso significa incluir as meta tags, títulos e descrições corretos. O próximo passo é criar conteúdo de qualidade que incentive os visitantes a permanecer no seu site.

Outro método simples e eficaz para fazer com que seu site seja rastreado é incluir links internos em suas páginas. São links que apontam de uma página do seu site para outra página do seu site. Os links internos ajudam os spiders e rastreadores a navegar em seu site, o que pode resultar em uma melhor indexação.

E claro, use as palavras-chave adequadas para ser encontrado pelas pessoas certas: clientes em potencial.

Como indexar o meu site e ter resultados?

Até aqui você já viu que, para o seu site aparecer nos mecanismos de busca da internet, existem algumas técnicas de indexação que vão otimizar o desempenho dele e a leitura pelo robô. 

Tudo isso precisa ser um trabalho no qual estejam juntos uma estratégia e produção de conteúdo e a tecnologia, de mãos dadas mesmo! Sem isso, todo o esforço de produção de conteúdo pode ser em vão. Sabe o porquê?

Escolher temas e definir as palavras-chaves, além da produção de conteúdo, são atividades que compõem um trabalho especializado, que é essencial para que a indexação dê certo. O ideal é contar com especialistas para fazer isso ou se tornar um. Sem esse norte, todo o conteúdo produzido não vai chegar a quem precisa, vai atrair pouca gente ou mesmo chegar ao público errado, buscando pelas coisas erradas.

Existem alguns desafios quando o assunto é indexação de site e é preciso que você esteja atento a eles:

Garantir que o robô vai encontrar suas páginas

Para indexar e ranquear páginas, o Google depende de uma complexa e extensa varredura em todas as páginas da internet, um trabalho que dificilmente poderia ser feito por um ser humano – esta é exatamente a tarefa dos robôs.

Suas páginas precisam “conversar” em determinada linguagem com esses robôs para que o Google entenda que o seu site tem relevância e vale a pena indexá-lo e ranqueá-lo. 

Se assegurar que ele vai saber quando elas forem atualizadas

Esses robôs não passam apenas uma única vez em suas páginas. Essa varredura é feita frequentemente. Se seu site não tiver uma “comunicação” constante e adequada com esses robôs, eles não saberão quando houver alguma novidade nas suas páginas.

Leia também: A importância de manter o conteúdo e a estrutura do seu site atualizados

Promover que ele saiba sobre o que é cada página

Para fazer com que os robôs entendam sobre o que se trata a sua página, é preciso que o seus conteúdos sejam compreendidos como dados estruturados através de blocos semânticos compreensíveis pelos robôs. Lembre-se: os robôs lêem código, e não texto.

Facilitar que ele entenda cada componente na página;

Dados estruturados também permitem que os robôs identifiquem cada componente de suas páginas. Dessa forma, seus conteúdos serão categorizados corretamente e você poderá aparecer no lugar certo quando seu público estiver procurando por suas soluções. Isso vai gerar público qualificado para o seu negócio.

Favorecer que o robô entenda que suas páginas são importantes

Quando os robôs chegam para varrer suas páginas, eles precisam entender que você é relevante para o Google. Para isso, é preciso que o seu site e seus conteúdos atendam a certos requisitos. Os robôs saberão disso se a estrutura com a qual o seu site foi construído for capaz de “conduzir” esses robôs num “tour” por todas as suas páginas, e essas páginas estiverem todas bem estruturadas.

Para concluir como funciona a indexação do Google

As técnicas de indexação são essenciais para que seu site apareça no ranking da primeira página, com as palavras-chaves relevantes para o seu negócio. 

É preciso ter em mente que um bom site, aos olhos do robô que faz a leitura dele, pode ser bonito visualmente, porém, apenas a estética visual em conjunto com o trabalho de conteúdo não é suficiente para aparecer nos mecanismos de busca ou mesmo ganhar autoridade suficiente para aparecer na primeira página. 

O robô precisa identificar sobre o que é cada página, para “coroar” o trabalho de estratégia e conteúdo, e identificar também os componentes de uma página. Existem desafios relacionados à tecnologia que precisam ser trabalhados para conseguir este resultado.  

Um site, para ter bom desempenho, precisa estar bem indexado, ou seja, com os códigos atribuindo a devida importância a cada elemento, pois é isso o que robô vai ler. 

Além dessas técnicas, a Visie pode oferecer alguns diferenciais para ajudar o seu site a ranquear:

  • Plugins e layout desenvolvidos sob medida para o seu negócio, que não pesam e ajudam na velocidade de carregamento.
  • Otimizado para se adequar a qualquer dispositivo (o que o Google adora)
  • Feito para ser acessado mesmo offline
  • Projetado para vender e gerar resultados para seu negócio
  • Construído seguindo os padrões internacionais de segurança

Além de muitos outros benefícios que somente um site de alta performance, feito pela Visie, pode oferecer.

Então, não espere mais! Clique abaixo e fale com a gente agora mesmo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *