Categorias
Blog Mobile Negócios

Mobile-first: a estratégia que pode atingir 8 em cada 10 pessoas

Empresas que não considerarem usar estratégias mobile-first correm risco de perder clientes e oportunidades. Saiba mais.

A estratégia mobile-first é um princípio de design que defende a criação de experiências na Web e em aplicativos que são otimizadas primeiro para dispositivos móveis.

Isso significa priorizar o design de recursos e conteúdo para aproveitar o tamanho da tela pequena, a duração da bateria e outras especificidades dos dispositivos móveis.

Leia também: A diferença entre site responsivo e mobile

O que é mobile-first e quais são as vantagens deste conceito ?

Hoje, a maioria das empresas está percebendo que o mobile-first é o melhor caminho a seguir. Isso porque os smartphones estão presentes nas mãos de mais de 109 milhões de brasileiros, sendo que 58% acessam a internet apenas pelo celular. Já imaginou o potencial de ser mobile-first para o seu negócio?

Essa estratégia permite que as empresas criem seus sites e aplicativos primeiro para dispositivos móveis e, em seguida, adaptem para desktop e outras plataformas .

Com o boom de acessos à internet feitos através de dispositivos móveis após a crescente utilização de smartphones e tablets , essa é uma das principais formas de se manter competitivo.

Aqui estão algumas das vantagens do mobile-first:

1. Maior envolvimento:

Com os clientes capazes de acessar seu produto ou serviço de qualquer lugar a qualquer momento, você pode aumentar o envolvimento criando uma experiência interativa que os envolve  em seus próprios termos, incentivando-os a retornar com frequência.

2. Velocidade de carregamento:

Uma pesquisa realizada pela Kissmetrics aponta que 40% dos visitantes abandonam páginas que levam mais de 3 segundos para carregar. A vantagem dos smartphones é que, além de ser cada vez mais o dispositivo preferido das pessoas, ele carrega as páginas muito mais rápido. Portanto, ter uma estratégia mobile-first vai garantir que seus visitantes não abandonem seu site antes mesmo de visualizá-lo.

Falando nisso, confira AQUI o tempo que o seu site leva para carregar. Será que é mais de 3 segundos??

3. Ranqueamento no Google:

Não é de hoje que o Google dá preferência para sites que possuem versão mobile. Desde 2018, o sistema de ranqueamento do Google passou a adotar o conceito do mobile first como um dos fatores importantes para posicionamento na plataforma. Isso significa que sites otimizados para dispositivos móveis se destacam nas pesquisas.

Você também pode se interessar por saber quais são os 5 passos para criar um website de sucesso na internet

Considerações de design para uma estratégia mobile-first

A importância de um site responsivo, rápido e fácil de usar em dispositivos móveis.

Designers e desenvolvedores vêm debatendo os méritos da estratégia mobile-first há anos. Os defensores argumentam que projetar um site responsivo para dispositivos móveis deve ser a prioridade desde o início, pois eles representam um público maior e mais engajado.

Existem várias razões pelas quais isso é verdade: Primeiro, como já citado, há mais usuários móveis do que usuários de desktop. Em segundo lugar, os dispositivos móveis são usados, muitas vezes,  em movimento, logo, oferecer uma experiência otimizada para aquele tamanho de tela vai facilitar – e muito! – a vida de quem está consumindo o seu conteúdo.

E, finalmente, sites mal projetados ou não responsivos podem frustrar  os consumidores que dependem de seus smartphones para consumir conteúdo. É muito provável que  eles abandonem  o seu site e sigam  para o do concorrente, que está a  apenas 1 clique de distância.

Isso significa oportunidades perdidas, vendas não realizadas, todos os seus esforços de marketing em vão, dentre muitas outras consequências.

Um estudo de caso de como uma empresa implementou uma estratégia mobile-first: o Google

O Google vem implementando uma estratégia mobile-first desde o início deste conceito. A ideia é que os sites e aplicativos da empresa sejam projetados para serem acessados e usados primeiro em dispositivos móveis, antes de serem adaptados para uso em dispositivos desktop.

Há várias razões pelas quais essa estratégia é benéfica para o Google:

Em primeiro lugar, permite que o Google direcione melhor sua publicidade. Como os usuários são mais propensos a interagir com sites e aplicativos em seus dispositivos móveis, os anunciantes têm muito mais probabilidade de obter resultados ao segmentá-los por meio de anúncios.

Isso também significa que o Google pode gerar mais receita com seus serviços suportados por anúncios do que faria se se concentrasse apenas no tráfego de desktop.

Em segundo lugar, ajuda o Google a manter os usuários engajados. Ao projetar seus produtos para dispositivos móveis primeiro, o Google garante que seus usuários estejam sempre atualizados com as últimas informações e desenvolvimentos.

Em outras palavras…

A lógica por trás de uma estratégia mobile-first é que os usuários são mais propensos a interagir e se envolver com o conteúdo da Web quando ele é apresentado em um formato com o qual estão familiarizados: em seus smartphones. Isso faz com que eles se engajem melhor com a sua marca, valorizem a experiência e, assim, as chances de consumir seu produto ou serviço crescem consideravelmente.

Então, se você ainda não tem um site otimizado para smartphones, não perca mais tempo.

Os sites desenvolvidos pela Visie são construídos para serem mobile-first e para que você obtenha todas as vantagens dessa estratégia.

Entre muitas outras coisas, desenvolvemos PWA (Progressive Web Apps), que faz com que seu site se adeque perfeitamente a qualquer dispositivo e funcione independentemente do navegador utilizado. Além disso, ele  poderá ser salvo na tela do celular como se fosse um aplicativo nativo (sem precisar fazer download), podendo ser acessado até mesmo quando o usuário estiver offline. 

Gestão de tecnologia. Baixe o Guia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *